sexta-feira, 6 de abril de 2007

“Redman - Red Gone Wild (Thee Album)”

Esse é um cara da East Coast que eu pago um pau… O maluco é considera-díssimo pelos rapper´s da West Coast, apesar das rivalidades. É um mano que tem história e merece respeito. O talento dele é tão evidente que ele transcende as tretas e tem passagem livre em qualquer ponto dos E.U.A.

O trampo “Gimmie One”, produzido por Pete Rock, mano que que é isso? Fazia tempo que eu não ouvia um cd com o mesmo entusiasmo… Isso pra um cara que curte mais o estilo Gangsta é difícil de admitir… Mas o Redman é o Redman.

A faixa “Sumtn' 4 Urrbody” é também uma pancada. Este CD do Redman faz lembrar o clássico (e insuperável...) album “Docs da Name”! É bom ouvir um velho ícone de novo, com a mesma classe de sempre renovada.

“How U Like Dat” é um Funk (quase saiu G-Funk, rs... força do hábito...). Bem balançadão. Muito bom! Rola até um C-Walk, se marcar...

A faixa “Rite Now” é bem louca. Tem um backing vocal chapado e produção de seu parceiro de sempre Erick Sermon. Vai rolar bem nas pistas. Aliás, o cd, de um modo geral, combina momentos mais pista com outros mais pesados. “Whutchoogonnado” vai também nesta linha, no mesmo padrão, dançante.

Uma das melhores faixas do cd, muito diferente por sinal, possui um sampler de raggae (o que é raro em rap, por incrível que pareça, por ser uma combinação de ingredientes difíceis...). A faixa “Blow Treez” possui sampler de nada mais, nada menos que “Sun is Shining” do Bob Marley, uma bela escolha, e participação de Method Man. O que impressiona é que ao contrário de muitas fusões do tipo que o Spice One fez o som ficou pesadíssimo. Vale conferir...

A boa “Get’ Em” foi produzida pelo Tha Chill (o que é interessante...) e possui um ar meio Dogg Pound (?), o que é mais interessante ainda... Chapado...

“Gilla House Check” é uma pancada. Só ouvindo mesmo.

Gostei muito da faixa “SoopaMan Lova 6”, onde o Erick Sermon produziu usando uma referencia que a Alicia Keys já havia utilizado também, mas com outra cara. Boa também.

Por fim, a faixa de trabalho deve ser “Merry Jane”, eu imagino. Ficou bem na praia dos participantes: Snoop Dogg e Nate Dogg. Os vocais do Nate, sem palavras...

O que eu mais admiro no Redman é a levada, que é muito original e debochada; e o estilo escrachado, sempre bem humorado, mas ao mesmo tempo muito crítico também. Ainda não digeri este cd, estou ouvindo e tal, mas já dá pra afirmar que é bom com certeza. Tanto que me instiguei a postar este comentário aqui logo de cara...

2 comentários:

aliadaci disse...

Passei por aqui li e gostei...
bjos

Anônimo disse...

Porra, perfeita sua analise... Redman é foda demais, pena q nao tem o devido crédito pois é mto melhor q mto metido a rapper por ae... o cara é tenso e esse cd foi foda demais mesmo.